Catedral Metropolitana.

A Catedral Metropolitana de Buenos Aires

Publicado el 11 de agosto de 2011 por



Destino

Fecha de Entrada

calendar

Fecha de Salida

calendar
Hoteles recomendados en :
Montevideo

De classe executiva, este hotel do bairro Buceo oferece salas de reuniões e gastronomia de alto nível.

Buenos Aires

Encanto clássico, relax e restaurante gourmet se combinam neste luxuoso hotel de Recoleta.

San Pablo

Moderno hotel de negócios com centro de convenções, restaurante, spa e piscina. Em Iguatemi.

Río de Janeiro

A incrível vista de Copacabana se combina com amenidades exclusivas para negócios ou lazer.

Stgo. de Chile

Em Las Condes, este elegante complexo oferece instalações de luxo para ócio e negócios.

Lima

Luxuoso hotel em San Isidro com salas de reuniões, restaurantes, spa e suítes de primeira classe.

Madrid

Sofisticação e conforto definem este clássico madrileño. Possui spa, salas e restaurantes.

Barcelona

Vanguardista edifício frente ao mar, com todos os luxos para estadias de negócios ou relax.

Miami

Design e bem estar sobre Miami Beach. Tem clube de praia com shows frente ao Oceano.

Londres

Luxo de vanguarda com ares vitorianos para uma hospedagem de primeira categoria em Londres.

París

Amenidades modernas e design chique se unem no coração de Paris. A passos do Louvre.

Roma

Exclusiva hospedagem em um edifício histórico, a base ideal para explorar a Cidade Eterna.

 

De frente com a Plaza de Mayo, no bairro San Nicolás, esta a Catedral Metropolitana de Buenos Aires, o templo católico mais importante da Argentina, rico em história como em esplendor. Encontra-se entre as ruas San Martín e Rivadavia, no mesmo prédio onde o conquistador Juan de Garay havia proyetado a sua construção em 1580.

Seis foram os edificios que alí funcionaram como templo maior da cidade, desde a primera capela construida em 1580 até o atual estabelecimento, inugurado em 1849.  Pelo seu peso simbólico e trajetoria na vida da cidade, a igreja foi declarada em 1942 Monumento histórico Nacional.

Sua maior peculiaridade é que, pelo contrario das construções das outras igrejas, a Catedral bonaerense não tem torres, o que faz com que a mesma seja mais similar a um templo griego do que uma igreja católica. As altas torres que alguma vez teve suas sucessivas edificações foram derribadas pela pouca qualidade dos materiais.    griego que a una tradicional catedral católica. Las altas torres que alguna vez tuvo a lo largo de sus sucesivas edificaciones se derribaron  a causa de la mala calidad de sus materiales. Os deslizamentos de terra e os danos tem sido uma constante na longa história da catedral até a sua última grande restauração entre 1994 e 1999, que reabriu com toda a magnificência.

Os tesoros da Catedral Metropolitana

Doze colunas de estilo neoclásico (representando os apóstolos de Jesús) recebem aos visitantes em sua porta central, são seguidos por um nártex quase único entre as catedrais do país. De lá você pode acessar a nave central, de 100 metros de comprimento, com seu incrivel piso de 3 mil metros quadrados rês mil metros quadrados cobertos com pequenos mosaicos venezianos.

Os visitantes não param de se surpreender com a quantidade de estilos arquitetônicos e decorativos que há no seu interior. Isto é produto da prolongação de sua construção entre os séculos XVIII e XX. Dezena de aquitetos e construtores estiveram na construção, combinando no transcurso elementos clásicamente renacentistas, barrocos e até románicos.

O protagonista da nave central é, sem lugar a dúvidas, o enorme altar maior, com a sua luxuosa ornamentação em dorado. O também luxuoso interior esta embelezado por imagens de alto valor artístico, desde as pinturas de Via Crucis, obra de Francesco Domenighini, até o Santo Cristo de Buenos Aires, feito em madera, situado no altar do braço esquerdo. A nave esquerda tem um altar em honrra a Virgen de los Dolores, uma das primeiras em ser trazida ao país. Uma das imagens mais modernas é a do Cristo del Gran Amor, realizada por Luis Álvarez Duarte em 1981.

A Catedral de buenos aires funciona como um grande memorial. Uma das obras mais valiosas é o monumento ao Arzobispo León Federico Aneiros, do escultor Víctor de Pol, um mausoléu de mármol de Carrara no interior da capela de San Martín, ao que se accede pela nave direita. Alí também guarda-se uma das reliquias mais emblemáticas para a história argentina: o mausoléu onde descansa o corpo do General San Martín. A obra foi realizada no final do século XIX pelo escultor francês Carrier Belleuse.

Na Catedral descansam os restos de outras figuras políticas y eclesiásticas de relevancia como Juan Gregorio Las Heras, Tomas Guido, Antonio Quarracino e varios bispos de Buenos Aires.

A igreja abre as suas portas entre as 8 e as 19 horas de segunda a sexta-feira, e de 9 a 19:30 aos sábados e domingos. Cada dia, em seus horarios específicos, se realizam visitas guiadas pelo Mausoléu, pelo Templo e a Cripta, além de uma Mostra de Arte. Aos sábados há um horario de visita guiada para crianças.

Aún no hay comentarios, se el primero!

Dejar un nuevo comentario