Buenos Aires



Destino

Fecha de Entrada

calendar

Fecha de Salida

calendar
Hoteles recomendados en :
Montevideo

De classe executiva, este hotel do bairro Buceo oferece salas de reuniões e gastronomia de alto nível.

Buenos Aires

Encanto clássico, relax e restaurante gourmet se combinam neste luxuoso hotel de Recoleta.

San Pablo

Moderno hotel de negócios com centro de convenções, restaurante, spa e piscina. Em Iguatemi.

Río de Janeiro

A incrível vista de Copacabana se combina com amenidades exclusivas para negócios ou lazer.

Stgo. de Chile

Em Las Condes, este elegante complexo oferece instalações de luxo para ócio e negócios.

Lima

Luxuoso hotel em San Isidro com salas de reuniões, restaurantes, spa e suítes de primeira classe.

Madrid

Sofisticação e conforto definem este clássico madrileño. Possui spa, salas e restaurantes.

Barcelona

Vanguardista edifício frente ao mar, com todos os luxos para estadias de negócios ou relax.

Miami

Design e bem estar sobre Miami Beach. Tem clube de praia com shows frente ao Oceano.

Londres

Luxo de vanguarda com ares vitorianos para uma hospedagem de primeira categoria em Londres.

París

Amenidades modernas e design chique se unem no coração de Paris. A passos do Louvre.

Roma

Exclusiva hospedagem em um edifício histórico, a base ideal para explorar a Cidade Eterna.

Belas Artes em Buenos Aires

Publicado por el 9 de agosto de 2011

Alguns dos expoentes mais valiosos da arte regional e mundial podem ser vistas na coleção do Museu Nacional de Belas Artes (MNBA), um passeio cultural imperdível na cidade de Buenos Aires. Neste museu esta o maior patrimônio artístico da argentina (junto a cede em Neuquén) e um dos mais importantes da América Latina. O museu bonaerense funciona na antiga Casa de Bombas construída em 1870, que pertencia aos estabelecimentos “Recoleta de Obras Sanitarias de La Nacion

Em sua primeira inauguração, em 1895, o MNBA se instalou nas galerias do Bom Marché da rua Florida, onde hoje estão as Galerias Pacífico. O primeiro diretor foi o pintor e crítico de arte Eduardo Schiaffino. Muitas doações e aquisições multiplicaram a quantidade de obras no Museu, que logo precisou de um espaço mais amplo onde se instalar. Logo de funcionar durante duas décadas no “Pabellón Argentino de La Plaza San Martín”, em 1933 o MNBA mudou-se definitivamente para sua cede atual, sobre a Avenida Libertador.

Continuar leyendo >>

Parque de la Costa, a grande atração do Tigre

Publicado por el 9 de agosto de 2011

Na cidade de Tigre, província de Buenos Aires, estende-se um dos parques de atração mais importante da América do Sul: O parque de La Costa. Com dezenas de jogos e espetáculos para toda a família, o parque está localizado num prédio de 14 hectares próximo aos rios Luján e Tigre. Desde um alto faro localizado no centro do parque, é possível divisar um impressionante panorama desde belo entorno natural. O parque de la Costa se inauguro em 1997, aportando um relevante interesse turístico a zona de Tigre. Desde sua apertura, o complexo há incorporado novas e mais chamativas atrações de nível internacional.

Continuar leyendo >>

Jardim Japonês de Buenos Aires, a natureza do Oriente na cidade.

Publicado por el 9 de agosto de 2011

A distinguida zona de Palermo tem em seu interior um tesouro ecológico e cultural único em Buenos Aires: o Jardim Japonês. Este prédio florido reproduz os tradicionais jardins japoneses, tanto nas espécies que ali há como também na arquitetura e paisagem do lugar.

Este emblemático jardim foi inaugurado em 1967 no “Parque Tres de Febrero”, quando foi visitado por Akihito, no momento herdeiro do trono e hoje Imperador do Japão. O jardim foi doado pela comunidade japonesa em Buenos Aires, e desde que abriu é um símbolo da fraternidade entre o Japão e a Argentina. O passeio é mais que num prédio com jardim, é um verdadeiro Complexo Cultural e Ambiental gerenciado pela Fundação Cultural Argentino Japonesa. A sua manutenção se auto financia com o dinheiro do ingresso que é inteiramente destinado ao cuidado do parque.

Um passeio pelo Jardim Japonês

Continuar leyendo >>

Calle Museo Caminito em La Boca

Publicado por el 8 de agosto de 2011

A história de buenos aires se funde com a mais colorida tradição do tango no místico bairro de La Boca, um dos preferidos pelos turistas que desejam um encontro estreito com a identidade dos argentinos. Localizado no limite sudeste da cidade, o bairro chama-se assim devido a forma que tem a desembocadura do Riachuelo no Rio de la Plata. O caráter legendário de La Boca começa com o próprio origem da cidade, pois se diz que foi neste lugar onde Pedro de Mendoza realizou a primeira fundação de Buenos Aires, em 1536. Ali se instalou o primeiro porto da cidade, lugar por excelência para as misturas culturais derivadas da grande presença de imigrantes. Os ares coloniais se misturam em La Boca com a mitologia do tango, exposta tanto na arquitetura como nos numerosos espetáculos e bancas de rua que se instalam nas calçadas do bairro. Tal é a presença do tango em La Boca que a sua chamativa rua principal, definida como um Museu a céu aberto, foi batizada “Caminito” em honra ao popular tango feito por Juan de Dios Filiberto e Gabino Coria Peñaloza em 1926, no qual o seus primeiros versos estão gravados no imaginário popular riopaltense: “Caminito que el tiempo ha borrado, que juntos un día nos viste pasar”…

Continuar leyendo >>

Teatro Colón, cenário emblemático de Buenos Aires

Publicado por el 8 de agosto de 2011

Por suas dimensões, estrutura acústica e sua história, o teatro Colón de buenos aires e o cenário artístico mais importante da argentina e da América Laina, catalogado como um dos cinco melhore teatros para ópera de todo o mundo. Sua qualidade acústica e majestosa arquitetura convertem ao Colón num teatro comparável a um dos mais prestigiosos estabelecimentos europeus.

Para os amantes de música, assistir ao Colón e uma experiência inesquecível. Para os artistas, atuar ali é um signo de consagração. Os nomes mais reconhecidos da ópera do século XX brilharam no teatro Colón, assim como célebres dançarinos e diretores de orquestra de todo o mundo. Enrico Carusso, Arthur Rubinstein, Anna Pavlova e Margot Fonteyn são so alguns dos grandes artistas que transitaram pelo Colón. Também participaram referentes iniludíveis da musica popular argentina. Desde o tango até o rock: Aníbal Troilo, Osvaldo Pugliese, Astor Piazzolla, Leopoldo Federico, Fito Páez, Luis Alberto Spinetta e Mercedes Sosa.

A cada ano, tem lugar no Colón temporadas de ópera e balé, além de ciclos de concertos, centro de experimentação, interpretes argentinos e concertos extraordinários.

Continuar leyendo >>

Museu Casa Carlos Gardel, un reencontro com El Mago

Publicado por el 8 de agosto de 2011

O tango é uma das bases da identidade dos argentinos. E se falamos de tango, falamos de Carlos Gardel como o seu máximo expoente, figura legendaria do tango rio-platense no qual seu legado se respira, em forma de mito e de vestígio histórico, em cada canto de Buenos Aires.

Mas há em buenos aires um lugar especial para o reencontro com a história do “Zorzal Criollo”. Trata-se do Museu Casa Carlos Gardel, um centro cultural encarregado de preservar e difundir a obra e os bens do patrimônio cultural de Gardel. O museu está localizado no tradicional bairro de Abasto, na rua Jean Jaurés 735.

Continuar leyendo >>

Puerto Madero, costa e exclusividade

Publicado por el 5 de agosto de 2011

Pela sua incomparável vista ao rio e sua proximidade ao centro, Puerto Madero é um dos mais exclusivos bairros entre os 48 em que se divide legalmente Buenos Aires. Os terrenos e propriedades em este distrito são os mais caros da cidade.

A historia deste bairro nos leva a 1882, ano em que o então Presidente Julio Argentino Roca aprovou o projeto do porto do comerciante Eduardo Madero, quem da nome ao distrito. A grande obra portuária de quatro diques, pertencente à engenharia de seu tempo, levou mais de uma década de construção, entre 1887 e 1898. A começos de século XX se construíram os emblemáticos depósitos de tijolos vermelhos e em 1916 foi feita a espetacular avenida “Costanera” (passeio típico da cidade) e o Balneário Municipal.

A causa de seu deterioro, o porto ideado por Madero foi abandonado durante mais de cinqüenta anos, e substituído em seu funcionamento por o “Puerto Nuevo”. Foi em 1989 quando se decidiu a restauração da zona para conectar o centro da cidade com o Rio de la Plata. A Corporação Antiguo Puerto Madero foi a encarregada em resgatar um extenso espaço de 170 hectares para edifícios e áreas públicas posicionando ao bairro como um dos mais chiques de Buenos Aires.

Continuar leyendo >>

Categorías: Argentina, Buenos Aires

Palabras clave:

O Obelisco de Buenos Aires, emblema da cidade.

Publicado por el 5 de agosto de 2011

Poucos Obeliscos há tão emblemático como o da cidade de Buenos Aires. Para bonaerenses e turistas por igual, o Obelisco é um ícone arquitetônico da capital argentina, com uma presença que sobre passa o mero monumento para construir-lo em todo um símbolo da identidade.

O protagonizo urbano do Obelisco de buenos aires reside em sua localização no centro exato da cidade, no cruzamento de suas avenidas principais: a 9 de Julio (célebre por ser a mais larga do mundo) e a rua Corrientes, de muito movimento comercial e cultural.

Instalado na Praça da República, o Obelisco foi inaugurado no dia 23 de maio de 1936 em homenagem ao Quarto Centenário da fundação de Buenos Aires. Suas líneas simples e solenes (símbolo do progresso argentino da época) são obra do arquiteto Alberto Prebisch, um dos referentes do modernismo da região.

Continuar leyendo >>

A Feira de San Telmo, o ritual dos domingos.

Publicado por el 5 de agosto de 2011

Os pequenos e valiosos vestígios da hitória bonaerense se exibem cada domingo na tradicional “Feria de San Pedro Telmo”. Suas bancas se situam na Praça Dorrego, sobre as ruas Humberto Primo e Defensa, no encantador Bairro de San Telmo.

O passaio pela Feira de San Telmo é um ritual que se atualiza a cada domingo desde 1970. Entre as 10 da manhã e as 5 da tarde, turistas e bonaerenses percorrem as mais de 270 bancas com suas exóticas antiguedades e artesanatos tipicos do pais. Velhos toca discos, cristais finos, jóias antigas, arte, baús, cestas, e milhares de outras relíquias sao oferecidas para venda e o olhar dos visitantes.

Continuar leyendo >>

Página 2 de 212