Ilha de Pascua

Ilha de Pascua

Publicado el 13 de março de 2011 por



Destino

Fecha de Entrada

calendar

Fecha de Salida

calendar
Hoteles recomendados en :
Montevideo

De classe executiva, este hotel do bairro Buceo oferece salas de reuniões e gastronomia de alto nível.

Buenos Aires

Encanto clássico, relax e restaurante gourmet se combinam neste luxuoso hotel de Recoleta.

San Pablo

Moderno hotel de negócios com centro de convenções, restaurante, spa e piscina. Em Iguatemi.

Río de Janeiro

A incrível vista de Copacabana se combina com amenidades exclusivas para negócios ou lazer.

Stgo. de Chile

Em Las Condes, este elegante complexo oferece instalações de luxo para ócio e negócios.

Lima

Luxuoso hotel em San Isidro com salas de reuniões, restaurantes, spa e suítes de primeira classe.

Madrid

Sofisticação e conforto definem este clássico madrileño. Possui spa, salas e restaurantes.

Barcelona

Vanguardista edifício frente ao mar, com todos os luxos para estadias de negócios ou relax.

Miami

Design e bem estar sobre Miami Beach. Tem clube de praia com shows frente ao Oceano.

Londres

Luxo de vanguarda com ares vitorianos para uma hospedagem de primeira categoria em Londres.

París

Amenidades modernas e design chique se unem no coração de Paris. A passos do Louvre.

Roma

Exclusiva hospedagem em um edifício histórico, a base ideal para explorar a Cidade Eterna.

 

A Ilha de Pascua, pertencente ao Chile, também conhecida como “o centro do mundo” se encontra no médio do Oceano Pacifico, na Polinésia. Tem uma superfície de uns 180 km quadrados e a população é de uns 3.800 habitantes. Trata se da ilha mais remota do planeta, a população mais próxima se encontra a duas mil milhas de distancia. A capital da Ilha e o único cento urbano é Hanga Roa.

Acredita se que pelo ano 300 D.C., navegantes polinésios chegaram à ilha no momento deserta e se instalaram nela. A população atual segue sendo descendentes de marinheiros, que ao longo dos anos, devido ao isolamento, desenvolveram uma cultura própria, embora tenham mantido a língua e a escritura polinésia.

A Ilha de Pascua é famosa pelos seus moais, enormes figuras de pedra com forma humanóide. Estas foram talhadas em pedras de origem vulcânicas entre os anos 900 e 1500. O Parque Nacional Rapa Nui, onde se encontram os moais, foi declarado pela UNESCO como Patrimônio histórico da Humanidade.

Os moais foram construídos em todos os tamanhos, alguns chegam aos 10 metros de altura. Hoje ficam 900 moais que representam aos ancestres dos habitantes. Além de ser um símbolo do poder político e religioso, se diz que estas estatuas protegem a ilha e a seu povo projetando o seu poder com o olhar. “Moai! Significa na língua local “para que não falte”.

Os moradores chamam a ilha com o nome de Rapa Nui, denominação que lhe deram em outros tempos os navegantes tahitianos que passavam por ali, que significa “ilha grande”. O nome de Pascua se deve ao navegante holandês Jakob Roggeveen que chegou à ilha no dia 5 de abril de 1722, o dia Ressurreição de páscoa.

As rochas vulcânicas nas que foram talhados os moais, provêem de três vulcões extintos da ilha. Nas enormes crateras dos vulcões Poike, Ranu Kau, e o Maunga Terevaka que passa os 520 metros de altura, se formaram lagos, únicas fontes de água da ilha.

Para o visitante da ilha há aproximadamente 20 mil sítios de interesse histórico e arqueológico. Tendo em conta que há 180 km quadrados para percorrer, podes imaginar que não será difícil de achá-los: toda a ilha é testemunha da cultura e a historia Rapa Nui. O lugar mais famoso é a Aldeia Cerimonial de Orongo, que está sobre a beirada de um penhasco orientado para o mar. Esta aldeia era centro dos rituais que se faziam como culto ao homem-pássaro. Outros lugares de visita obrigatória são Rano Koa, Vaihu, Rano Raraku, Ahu Tongariki, Ahu Akivi, Ahu Nau Nau, La Perousse e Ahu Tahai.

Para os amantes do mergulho, a ilha convida com um fascinante cenário: pela sua origem vulcânica apresenta uma topografia de cavernas, penhascos e plataformas de lava. Poderás ver variedade e quantidade de corais e peixes tropicais.

O yate Varua Vaikava o levará em uma travessia até Hanga Roa, ou se preferes seguir mergulhando nas águas claras e lugares virgens, até as ilhas Salas e Gomez, a 230 milhas da Ilha de Pascua.

As opções de hospedagem são pequenos hotéis e aluguel de cabanas. Para os passeios podes encontrar excursões, alugar um auto ou bicicletas.

Aún no hay comentarios, se el primero!

Dejar un nuevo comentario